Rapidinhas: ebook sobre dor crônica

Semana passada estive no CINDOR-USP, congresso dedicado a dor. Excelente evento, palestras de ótima qualidade!

Um dos simpósios que participei (e achei muito bacana) foi sobre a comunicação na clínica de dor. Com a presença do time de psicologia do grupo de dor do HC da Faculdade de Medicina da USP (Adriana Loducca, Alessandra Spedo Focasi, Barbara Maria Müller), o simpósio chamou a atenção de como precisamos tornar mais claro o diálogo entre nós e os pacientes para melhorar a adesão ao tratamento e, consequentemente, o cuidado da dor crônica.

 

capa-1

Elas são fundadoras de um programa chamado  TAPsi – Treinamento e Assistência Psicológica -criado em 2003 com o objetivo de desenvolver cursos, prestar assistência a pessoas com doenças crônicas e capacitar psicólogos e outros profissionais da saúde para trabalharem na área hospitalar.

Neste programa desenvolveram um ebook gratuito (GRATUITO gente!!) voltado ao profissional da saúde denominado “Dores crônicas – como  melhorar a adesão ao tratamento”.

Eu já baixei o meu! Parabéns Adriana, Alessandra e Barbara não só pela palestra mas pela disponibilidade de compartilhar conhecimentos! 🙂

 

Rapidinhas… nem tudo que reluz é ouro.

Hoje vi uma postagem no Facebook do colega José Luiz Peixoto que chamou minha atenção. 

No texto ele disse: “Custa nada lembrar que nem toda dor na região da ATM é uma DTM “simples”!”

Anexo a esta frase estava um link para um artigo publicado no Journal Surgical Cases Reports.

O artigo é gratuito e relata um caso raríssimo de metastase de câncer de mama na cabeça da mandíbula mimetizando uma disfunção temporomandibular (DTM).

Super importante estamos atentos a todas as possibilidades. Comentamos isso no último módulo do curso de DTM e Dor Orofacial do IEO-Bauru: devemos estar atentos aos detalhes na anamnese e exame físico até mesmo para solicitar os exames complementares. Nem sempre, por exemplo, a limitação de abertura bucal é devida a deslocamento anterior do disco sem redução ou contratura muscular. Entender estes fatores é um exercício diário em busca do diagnóstico.

Chega de lenga lenga, aqui está o link para o artigo: http://jscr.oxfordjournals.org/content/2014/1/rjt130.full.pdf+html 

Aproveitando o tema Facebook, acho que todos sabem que a rede social mais famosa do momento completou 10 anos (!!!). Em comemoração lançaram uma página sobre histórias no Facebook (http://www.facebookstories.com/). Assistam a história do Raimundo, morador de rua de São Paulo e como a boa vontade de uma mulher (Shalla Monteiro) e a rede social mudaram o destino dele. 

Link aqui: http://www.facebookstories.com/stories/53734/the-conditioned

 

Comunicado do CRO

A postagem de hoje vai fugir um pouco do tema DTM e Dor Orofacial.

Recebi via email um comunicado do Conselho Regional de Odontologia de São Paulo (CROSP) sobre a consulta pública número 42 da Agência Nacional de Saúde (ANS).

Eu não atendo pacientes por convênios odontológicos. Já atendi e sei o quanto somos desvalorizados por eles. O que ainda me motivou a escrever isso foi outro email, de uma operadora de convênios odontológicos com uma proposta. Costumo logo enviar para lixeira mas motivada pelo email do CRO resolvi dar uma olhada na proposta. RIDÍCULO. Valores: consulta – 8 reais, restauração de uma face – 10 reais. Ainda o convênio alega que atende pacientes de empresas grandes com atendimento de alto nível! Como assim??? Como conseguem?

Bem, isso não é da minha conta, quem quer se filiar e ralar muito para ganhar algum (isso significa atender muitos sabe-se lá como), boa sorte. Mas do jeito que a coisa anda, já sabemos quem fica com a maior parte da renda. E ainda, querem que o convênio odontológico seja anunciado como brinde!

Eu fiz a parte que acho que deveria, participei desta consulta pública.

Segue abaixo.

Abraços a todos!

ALERTA: PARTICIPE DA CONSULTA PÚBLICA 42 DA ANS

                    Cara colega:

O Conselho Regional de Odontologia de São Paulo alerta as cirurgiãs-dentistas do Estado de São Paulo sobre a Consulta Pública nº 42/2011, da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), que dispõe sobre a concessão de bonificação aos beneficiários de planos privados de assistência à saúde pela participação em programas de promoção do envelhecimento ativo ao longo do curs o da vida.

No processo de divulgação da Consulta Pública nº 42 na imprensa, foi informado que dentre as premiações previstas, incluía-se a “oferta de planos odontológicos gratuitos”.

O Conselho Regional de Odontologia de São Paulo é favorável a criação de programas de promoção do envelhecimento ativo, entretanto, discorda frontalmente que, como forma de premiação, seja oferecida a possibilidade de oferta de planos odontológicos gratuitos.

Se há graves dificuldades na área de Odontologia Suplementar na atualidade, podem-se prever os riscos embutidos na proposta de oferta de planos odontológicos gratuitos. Portanto, solicitamos aos colegas que se manifestem no site da ANS, impreterivelmente, até o dia 14 de junho.

O processo é rápido e pode ser feito em até três minutos:                      

1-A colega acessa o link http://www.ans.gov.br/index.php/participacao-da-sociedade/consultas-publicas/582-consulta-publica-42# .

2-Ao entrar na página, a colega deve acessar o formulário na parte inferior do site, colocar “Art. 18” no campo “Seção” e “inclusão” no campo “tipo”. A seguir, a colega pode digitar no campo “texto proposto” a frase: “vedando-se a oferta de planos odontológicos gratuitos”.

3-No campo “justificativa”, pode-se colocar “Somos contrários à oferta de planos odontológicos gratuitos como forma de premiação, conforme noticiado pela imprensa”.

4-A seguir, a colega preenche os seus dados pessoais e clica para o envio da mensagem.

Colega, não se omita e não fique inerte. Participe da Consulta Pública nº 42 da ANS. Os três minutos que você despenderá para se manifestar serão de grande valia para a Odontologia e para a saúde bucal da população.

É importante que a mobilização seja coletiva e organizada. Para isso, o CROSP pede que ao participar individualmente, o cirurgião-dentista envie uma cópia da sua manifestação sobre a Consulta Pública nº 42 ao e-mail presidente@crosp.org.br.