Podcast – Ortodontia, Bruxismo e DTM – entrevista para o canal Rompendo Fronteiras Ortodontia

podcast.001
Muito ainda se discute sobre a relação entre oclusão, ortodontia, bruxismo e Disfunção Temporomandibular (DTM). A literatura caminha apontando que a relação não é tão direta como ainda pensam muitos dentistas.
Sobre este assunto, recebi em minha casa (perdoem os ruídos de obra ao fundo) a Daniela Ferreira e o Marcos Campos, dois cirurgiões dentistas, ortodontistas que fizeram um canal no Youtube e perfis nas redes sociais chamado Rompendo Fronteiras Ortodontia, e que são curiosos para saber mais sobre estas condições. Afinal, qual ortodontista que não recebeu em seu consultório um paciente com sinais e sintomas de DTM e tantas duvidas, não é?
Dê um play, siga o Rompendo Fronteiras Ortodontia e deixe seu comentário! Esta entrevista também está no canal deles no Youtube!

Textão no Facebook

Hoje fui compartilhar uma foto da página Dor Orofacial baseada em Evidências no Facebook e comecei a escrever, escrever… Pronto! Virou um daqueles textos longos que ninguém lê ao abrir o Facebook no seu celular! rs…

Assim, resolvi compartilhar aqui. Quem sabe alguém lê e troca uma ideia comigo! 🙂

Foto e textão abaixo! 🙂

12592180_1110302728980501_7621014082603705517_n

 

Vi este slide na página Dor orofacial baseada em evidências no Facebook e questionei: por que alguns temas sempre são citados e se persistem tanto no assunto nas redes sociais? É má oclusão que não é causa de DTM, é ortodontia que não trata DTM…
Para minha prática clínica hoje estes assuntos estão tão distantes que chego a pensar que talvez nem precisamos mais citá-los.
Mas basta eu entrar no Facebook ou mesmo ministrar uma aula para entender que estou errada.
Ainda é preciso falar muito sobre isso. Ainda há pacientes que se submetem a ajuste oclusal ou aparelho ortodôntico para controle de sintomas de migrânea (vulgo enxaqueca, e não, você não leu errado).
Por que? Desconhecimento por parte dos profissionais sobre DTM e Dor Orofacial. Vejo que dentistas são curiosos e buscam entender técnicas, querem logo saber como se faz um aparelho, placa, como aplicar a laserterapia, qual a dose do medicamento, como injetar uma substância MAS esquecem que o primeiro passo é o diagnóstico.
Estudem o que é DTM, quais seus tipos, quais dores orofaciais parecem DTM mas não são, qual cefaleia pode acometer a região facial, …., tanta coisa…
Só então, afiados no diagnóstico, aí escolha a ferramenta que seja mais apropriada para tratamento, baseado tanto na sua experiência clínica como em evidências cientificas (mais custo e desejo do paciente).
MAS não, não precisa ajustar a oclusão para controle da grande maioria dos sintomas de DTM, nem instalar um aparelho ortodôntico.
Só queria também aproveitar e deixar claro que quando falo sobre oclusão não estou desprezando.
É de suma importância o estudo da oclusão para a Odontologia. Estudo este que também é muitas vezes negligenciado pelos cirurgiões dentistas (por incrível que pareça).
Traumas oclusais prejudicam a mastigação e consequentemente a nutrição do paciente. Traumas oclusais podem gerar dores dentárias (que não é DTM).
Vamos nos atualizar sempre.
Vamos diagnosticar antes de propor tratamento.
Bom dia! 🙂