Dor crônica: múltiplos fatores

Quem pensa  no controle da dor somente em problemas mecânicos ou anatômicos (vide oclusão dentária) quando se trata de dor por Disfunção Temporomandibular (DTM) não imagina o quanto outros fatores estão envolvidos na gênese e mantenção desta dor, especialmente da dor crônica.

Estou preparando mais uma aula sobre neurofisiologia da dor e acrescentando tópicos que vi em Milão (placebo, nocebo) e achei interessante compartilhar com vocês este slide que trata da percepção da dor e o quais fatores atuam em sua modulação.

Catastrofização, hipervigilância, placebo, nocebo, crenças, expectativas… Conceitos que devemos incorporar aos que já exaustivamente estudamos em dor crônica.

Ao seu tempo, vou procurar trazer este assunto a tona aqui no Por Dentro da Dor Orofacial! Por agora segue o slide para reflexão! 🙂

5 pensamentos sobre “Dor crônica: múltiplos fatores

  1. Juliana tudo bem? Gostaria de saber se voc tem algo sobre esclerose mltipla e DTM e sobre bactrias sexualmente transmissveis que localizam-se , tambm, na ATM. Sei que muito ocupada , mas se puder enviar alguns ttulos de artigo ficarei muito grata, caso no possa, agradeo mesmo assim o tempo dispensado neste blog para nos ajudar. BJS e SUCESSO. Deus lhe abenoe. Rachel Queiroz

  2. “Estou preparando mais uma aula…” Oi, Juliana! Isso quer dizer que poderemos desfrutar dessa aula por aqui? Seria fantástico, tal como foi a sua palestra apresentada na APCD – “Dores Neuropáticas”! Aproveitando o ensejo, parabéns pela dedicação à pesquisa e transmissão de conhecimento/informações. Exemplo para muitos profissionais! Maria do Carmo Parra

  3. Pingback: OdontofoGUIA! #70 | Medo de Dentista

Os comentários estão desativados.