Valores de procedimento odontológico

O assunto não é sobre dor orofacial especificamente mas é de interesse de todo o Cirurgião Dentistas e de seus pacientes: os valores de um procedimento odontológico.

Recentemente descobri através do grupo de Ortopedia Funcional dos Maxilares (OFM) no Facebook (já curtiu a página do blog lá? não? aqui ó: www.facebook.com/dorororfacial) que Entidades Odontológicas Nacionais (CFO, ABO, ABCD, etc) em conjunto com as Entidades Nacionais de Especialidades e assessorados pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas – FIPE, da Universidade de São Paulo – USP realizaram estudos para determinar os valores de procedimentos odontológicos. Foi realizada uma atualização na forma de valorar os procedimentos, com separação em colunas de honorários e custos operacionais e revisaram toda a nomenclatura dos procedimentos odontológicos, o que incluiu novos procedimentos e especialidades, que não constavam da antiga tabela dos Valores Referenciais para Procedimentos Odontológicos – VRPO.

Esta nova tabela recebeu o nome de Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Odontológicos – CBHPO e o acesso é realizado pelo site: http://www.cbhpo.com.br/index.php

Achei interessante esta classificação pois é possível calcular os valores baseados em uma unidade de serviço (US) nacional, e assim determinar valores de acordo com sua localidade (parece que o valor da US nacional é de 0.68) ou verificar comparativamente com a US do convênio odontológico se realmente vale a pena trabalhar por ele.

Lamento apenas que a especialidade em que atuo, a Disfunção Têmporo-Mandibular e Dor Orofacial (DTM/DOF) aparentemente não foi representada neste processo (se alguém aí souber se foi, deixe recado nos comentários!).

Exemplos:

  • nos procedimentos de diagnóstico, vi consulta odontológica, consulta e planejamento de tratamento, alguns procedimentos de estomatologia, de cirurgia buco-maxilo-facial (CBMF) e nenhum de DTM/DOF
  • há a citação de dispositivos interoclusais como a placa de mordida (órtese miorrelaxante, reposicionadora, cada nome…) mas estão incluídos nos procedimentos de odontologia restauradora e sabemos também que placa não é terapia única para DTM/DOF
  • há a citação ampla de procedimentos cirúrgicos em ATM, mas nada sobre os clínicos
  • sobre os bloqueios, bem ao fim da tabela, há alguma coisa, o que me deixou feliz porque incluiu até os de nervos periféricos, mas faltaram os de ponto gatilho, e ainda, não há valores para isso.

Enfim, acredito que esta tabela ainda possa ser mais atualizada ainda com os procedimentos da especialidade de DTM/DOF. Espero que a representação dos especialistas nesta área pela SBDOF interfira para esta atualização!

Boa semana a todos! Semana que, espero, deve passar rápido com a chegada da festa do Rei Momo! 🙂

Publicidade

3 pensamentos sobre “Valores de procedimento odontológico

  1. Juliana, bom dia.
    Todos que participamos do processo que culminou com a CHBPO, fomos convidados para tal pelas Entidades que comandaram o processo: CFO, ABO, FNO; fomos representando as Entidades nacionais de cada uma das Especialidades odontologicas reconhecidas pelo CF;ao menos nas etapas cumrpidas em São Paulo (várias), não me lembro de ter encontrado com ninguém na Especialidade representando nenhuma Entidade nacional da Dor Orofacial e DTM.

    • Bom dia Eduardo! Muito obrigada pelo comentário! Isso reforça a necessidade de uma entidade nacional representando a DTM/DOF estar presente. Parabéns pelo site e pelo comando da CBOFM! Acompanho sempre.
      Abraços

  2. POUCOS DENTISTAS SE INTERESSAM PELA SUA ESPECIALIDADE. PARABÉNS COLEGA, PELO EMPENHO E ESFORÇO! BOA SORTE. AH, TAMBÉM ME INTERESSO MUITO PELO TEMA. LUCIANA.

Os comentários estão desativados.