Câncer bucal e labial

Esta semana vi no twitter (e desculpe mas não lembro de quem) um link para uma reportagem sobre a estimativa da incidência de câncer bucal para 2010 elaborada pelo INCA.

Dentro desta reportagem, havia o relato de uma pesquisa realizada por um grupo de Campinas sobre a prevalência da queilite actínica, lesão pré cancerígena localizada nos lábios.

De fato os índices não são animadores. Segundo o professor entrevistado, o batom, mesmo aquele sem filtro solar, pode ajudar na prevenção destas lesões.

Hoje sinto que, mesmo ainda a passos lentos, a cultura do uso do filtro solar está se estabelecendo (eu não fico sem) mas, vejo que são poucas as pessoas que se lembram da proteção dos lábios. Nós mulheres usamos batom (as dentistas sofrem ao vê-lo sair nas máscaras), mas e os homens?

Com a chegada do frio, a busca por hidratantes labiais sobe. Mas por que não trocar aquela manteiga de cacau por um hidratante labial com filtro solar?

Podemos iniciar uma campanha em prol da proteção labial no consultório. No panfleto de higiene bucal (escova, creme dental, fio dental…) ou das orientações para pacientes com DTM, citar a necessidade de exames periódicos para prevenção do câncer bucal, uso do filtro solar e do protetor labial.

É um trabalho de formiguinha, mas que valerá a pena, com certeza.

E claro, use também! 😉

Abaixo alguns dos protetores labiais com filtro solar presentes no mercado!

Preços sugeridos por pesquisa realizada na internet em 10 de abril de 2010.

Leia mais…Mais exemplos de protetores labiais:

  • Epidrat (Mantecorp) FPS 30 – R$ 27,00
  • Spectraban FPS 15 – R$ 13,00
  • Nívea Sun FPS 30 – R$ 8,00
  • Sundown FPS 30 – R$ 11,00
  • Banana Boat FPS 50 – R$ 15,00